quinta-feira, 26 de abril de 2007

"Brilhantes" declarações de Miguel Ángel Quintanilla

O Secretário de Estado, Miguel Ángel Quintanilla, declara no V Congreso de Universidades que "Se trata de ofrecer a las empresas lo mejor de la universidad, la mejor 'mercancia". Poucos exemplos de mercantilização da universidade mais claro que este podemos achar... Qualquer debate sobre Bolonha já assume desde o primeiro momento a lógica neoliberal: @ alun@ é simplesmente uma matéria prima (uma "matéria de produção") que incrementará o seu potencial produtivo (e pelo tanto o seu preço) durante a "transformação" da universidade.
Senhor Quintanilla... Não somos mercadoria!! mas vocês são mercadores de pessoas!!
Não é a primeira vez que Quintanilla nos dá mostras das suas grandes ideias. Passo aqui a ligação à página web da Gaceta Universitaria donde tirei as declarações:
Porém esta é a ligação a um blogue muito crítico com Quintanilla. Nele analisam-se declarações suas sobre a investigação e a universidade muito polémicas:

1 comentário:

assembleia.filosofia disse...

Neste blogue fá-se alusão a este artigo. Esta é a ligazação:

http://golemp.blogspot.com/2007/04/por-la-boca-muere-el-pez.html